9 cervejas estranhas que você nunca imaginou
, / 1368 0

9 cervejas estranhas que você nunca imaginou

Ingredientes clássicos na nossa alimentação só que usados para dar sabor a cervejas estranhas pra caramba!
SHARE

Bacon, algas marinhas, chocolate… ingredientes básicos para fazer cervejas estranhas.

Sábado de sol na Ilha do Amor. Quem não pensa naquela gelaaaaaaaaaaaada? Todo mundo! E, com muitas opções para escolher, não é?
 
Nós, bebedores amadores de cerveja, podemos pensar que contamos com uma enorme variedade da bebida no mercado brasileiro: Brahma, Antartica, Bohemia, Skol, Sol, Nova Schin, Xingu, Itaipava e mais… E, contamos ainda com as importadas da modinha: Budweiser (que agora é da AMBEV – a mesma que fabrica a Brahma e a Antartica), Heineken e Stela Atoir. 
 
Mas, há mais “tipos” – um tanto inusitados, eu diria – do que pode imaginar nossa vã bebedeira. Já pensou em cerveja com toques de café, chimarrão e até… bacon?! Pois é… elas existem e vendem como água! Ops! Como cerveja!
 

9 cervejas estranhas que você nunca imaginou que existissem

Tem para todos os gostos, ou desgostos! Olha só:
 
No sempre criativo Japão, a cervejaria Abashiri Beer lançou as cervejas coloridas! Isso mesmo: verde, vermelha e, mais recentemente, azul, inspirada na cor do Oceano Pacífico e nas geleiras da Sibéria. O teor alcoólico é de 5% e o tom azulado é extraído de algas marinhas. O público alvo das Abashiri são as mulheres. A fábrica ainda apostou numa receita que combina leite e malte, a Bilk, que, dizem, tem o gosto adocicado e não lembra muito a cerveja tradicional. Eita povo que inventa!
A também japonesa, Sapporo, investiu no chocolate para criar suas versão curiosa de cerveja. A Chocolate Brewery vem num kit com 3 latas de 350ml (por U$16/R$36) e é feita de malte torrado com cacau. O gosto é de chocolate amargo.
Nos Estados Unidos, a americana High Watermelon Wheat Beer aposta nas composições à base de futas. Essa leva melancia na composição. Ecaaaaaaa!!!
Americana também, a Hemp Ale conta com um “teco” de maconha na receitinha… Deve ser concorrida essa…
A belga Kriek apostou em cerejas. Pelo menos a garrafa da Belle-Vue é bonita.
E a Rogue Vodoo Doughnut Bacon Maple Ale que harmoniza bacon (salgado) e xarope de maple (super doce)? O público alvo é o pessoal que curte bacon como tira gosto. Então tá, né?

Pra quem é do Sul, tchê! Tem cerveja a Dado Bier Ilex, à base de erva-mate. Mas essa é pra tomar geladinha, viu?

E, cerveja quente, tem? Tem sim senhor! A La Dragonne, sueca,  deve ser esquentada no fogão ou no microondas e tem sabor apimentado.
Falando em bebida quente, essa eu acho que ia gostar. A Meantime Coffee Porter – para ser tomada gelada – é aromatizada com café e baunilha que, no caso, é proveniente do próprio malte. Tem toques de expresso de chocolate. Em 2006 ganhou até medalha de ouro na World Beer Cup. Pasmem, coffee beer, é uma das categorias do concurso. Wow! Já quero provar ontem!
Gostou? Deixa um comentário!!!
Até a próxima aventura!!!
        

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:

PASSWORD RESET

LOG IN