Dom Francisco – Dai a Cesar o que é de Cesar.

SHARE
, / 1229 6
Há tempos planejo esse post, porque o Dom Francisco, há alguns meses, é o “amigo fiel” quando estou pelas redondezas da Praia Grande (Projeto Reviver).
Self-service com o justo preço de R$22,90 o kilo, o Dom maranhense (desculpa pelo trocadilho…hehehe) está localizado numa das áreas que eu mais gosto na cidade. O cardápio é sempre variado e aposta na culinária típica maranhense. Arroz de Cuxá e o próprio Cuxá estão sempre por lá. Camarões e peixes também. E, para quem é mais carnívoro, tem churrasco na hora. Sempre tem contra-filé e picanha. Às vezes chego lá às 15h, e ainda tem comida com cara boa. 

Uma amostrinha dos nossos pratos. Com destaque para a salada, que é super confiável. Nesse dia eu fui bem “comedida” e fui no clássico/prático churrasco com arroz, farofa e salada. A carne nunca está salgada. Para mim, sempre no ponto certo de sal. 
Roberto sempre “varia” bem quando vai lá. Peixe à Delícia com bananas fritas, macarrão, paçoca de carne e arroz e feijão branco.
Além da comida honesta e confiável, eu curto bastante o look casarão antigo do Dom Francisco. Ele funciona dentro de um casarão restaurado do Centro Histórico. Eles mantiveram as paredes de pedra, que dão um clima todo especial. À noite a iluminação deixa o restaurante mais aconchegante ainda. À noite também funciona, só que com cardápio à la carte.

Para mim, o Dom Francisco é um bom 3 estrelas. Boa comida, com preço bom e bom atendimento. Só falta ar-condicionado…

O Dom Francisco fica na Rua do Giz, quase ao lado da Aliança Francesa, no Centro Histórico-Projeto Reviver,

Dica: Uma cervejinha pra lá das 18h…

Gostou? Deixa um comentário!
Até a próxima aventura!!!

        

6 Comments

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:

PASSWORD RESET

LOG IN