Para não dizer que não falei de livros – Como água para Chocolate (Laura Esquivel)

SHARE
, / 1015 0
Há poucas semanas a queridíssima Suzana Beckman (que já esteve em nossas aventuras AQUI) me indicou  o livro Como água para Chocolate da autora mexicana, Laura Esquivel. Ela me explicou que cada capítulo começava ensinando uma receita e a partir daí corri no Estante Virtual e comprei!
Devorado em uma semana!
Um dos livros mais sensíveis, sensuais e aromáticos (se é que isso é possível) que eu já li. Recomendação de leitura urgente. Todo mundo merece se apaixonar por um livro na vida como eu me apaixonei por Como água para Chocolate. Quando percebi que estava perto do fim, demorava mais e mais em cada página com pena de acabar… pena que acabou. 
Coincidentemente, em Santiago-Chile existe um restaurante cujos nome e decoração homenageiam o livro, que ganhou versão em filme em 1992. 
Todo mundo indicou o lugar como o melhor restaurante de Santiago e, olha que isso é coisa que chama a atenção, porque as comidas do Chile não eram muito atraentes… Sendo assim, fomos lá!
Depois de dias comendo regularmente… (tudo caro e tudo sem gosto), fomos lá, sedentos. Sentamos, fomos simpaticamente atendidos por uma moça de cabelos cacheados que me lembraria Gertrudes, uma das personagens do livro, e começamos a tentar entender o cardápio.

Roberto logo se adiantou pedindo uma cerveja chilena. Em seguida, depois de muito tentar justificar jantar ali, chegarmos à conclusão que não valeria a pena pagar $44.000 pesos (mais ou menos R$80) por um prato – INDIVIDUAL – com posta grelhada de salmão e verduras no vapor. Nada das opções do cardápio lembrava as receitas que abrem os capítulos do livros, todas tipicamente mexicanas com chiles, rosas e feijões. 

No mais, valeu a visita. Tiramos fotos da decô, que conta com mesas em forma de camas, como a que Tita e Pedro se amam no filme. Roberto terminou a cerveja, eu pedi uma água. Chamamos a garçonete – que fez uma cara tipo: como assim vocês entram aqui e só tomam uma cerveja e uma água?! Não vão comer no melhor restaurante de Santiago?!
– Não, moça. Obrigada. 
Seguimos nosso delicioso passeio pelo bairro Bela Vista (um lindo recanto cultural mais ou menos no Centro da cidade) e acabamos comendo num restaurante tipo american dinner misturado com gastronomia chilena. 
Cansada de errar no pedido, fui logo num steak de filé. Roberto decidiu dar chance a uma salada com carne de centolla (aquele carangueijo gigante) e se arrependeu amargamente. No fim das contas ainda tive que dividir meu filé… :/
Como a gente não provou a comida do Como água para chocolate, não acho justo dar qualquer avaliação só por ter visitado… 
Vale conhecer, entrar, tomar a cerveja chilena, ou até um vinho. Quem sabe até se arriscar no cardápio… A gente não sentiu vontade…Eu espero que você prove e venha contar pra gente como é.
Gostou? Deixa um comentário!!!
Até a próxima aventura!!!

        

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:

PASSWORD RESET

LOG IN