Petisqueira da Mamãe – Oh deception…

SHARE
, / 1665 3
Hello blogonautas!
Aqui quem fala é alguém sem tempo de postar muito… So sad. 
Ando com saudades terríveis… sonhando com o Blogger e tudo… Ok. ¬¬´
Temos uma penca de posts aguardando um pouco de atenção para serem publicados. Chegaremos lá.
Hoje vou contar nossa experiência no “restaurante-que-todo-mundo-indicou” Petisqueira da Mamãe.
O restaurante foi tão bem recomendado que fomos lá no dia do aniversário do Beto… Era domingo, por volta de 12h… Vou pontuar: 
1. Calor: o lugar é pop e estava lotado. Só conseguimos lugar na área externa. Embaixo de um telhado de brasilit. Não preciso falar mais nada.
2. Preços: preço de grande restaurante. O dono de lá é chef mesmo e talz… Mas, éramos 4. A conta passou de R$200. Pedimos um prato, umas 5 cervejas e uns 5 refrigerantes.
3. Demora: chegamos lá umas 12h…12h15. Conseguimos comer, depois de muito reclamar com o garçom, lá para as 14h40. Pensamos em desistir várias vezes… Não desistimos porque pensávamos que iria demorar mais ainda ir para outro lugar, no meio da fome imensa.
4. Atendimento: péssimo. O garçom estava visivelmente impaciente para ir embora. Dava respostas tortas o tempo inteiro. Falamos sobre os problemas todos com o proprietário e chef e ele só respondeu um: “É, né? Hoje tá cheio…”.
É, né?
O Brasilit.

A decoração do lugar é bem caprichada. O ambiente é bonito. A gente percebe que houve uma atenção toda especial para preparar o lugar. Infelizmente, boa aparência não é suficiente… Ajuda, mas não faz todo o serviço.

Parece grande, mas não é. Essa porção de Picanha ao alho não foi suficiente para quatro. Muito bonita. Quando conto para as pessoas essa história, muita gente justifica que a comida de lá é cara, mas é deliciosa. Se é, não percebi. Já estava com tanta fome, tão irritada, com tanto calor… que o sabor da comida foi a última coisa que me chamou a atenção… na verdade passou batido até…

O prato acompanha arroz branco, farofa de ovos e cebola e vinagrete. Acompanhamentos pequenos.

O último “causo”:
Semana passada voltei lá…
Pedi um Carpaccio de Carne e alguns Bolinhos de Bacalhau. Nada de espetacular. E o molho do carpaccio estava meio esquisito.
Depois de tudo: três pessoas dividindo a conta, dois tira gostos, 5 cervejas = R$103,00 (OHHHH!!!). Entregamos R$120 e nos voltam apenas R$7,00. Fomos falar com o dono: 
Nós: “Oi, o troco veio errado…era 103, demos 120…era pra voltar R$17…” 
Ele: “Pra mim vocês deram R$110… mas não tem problema, sem confusão, eu DOU os R$10 reais pra vocês” 
Eu: “Dar, não, moço, o sr. vai DEVOLVER R$10 reais do meu troco”
Ele: “Tudo bem, eu DOU os R$10”.
Eu: “Não. Você vai devolver os R$10 reais”.
Ele devolveu. 
Mas, de boa. Achei péssimo. Parecia que eu estava “passando a perna” no dono do restaurante. 
Me senti mal. Pode ter a melhor receita do mundo, mas não volto. E, honestamente, não recomendo.
Mas, quem tiver curiosidade, e quiser conhecer, o restô fica no Renascença, na Rua dos Acapus. Bem no canto, já virando para a praça.
Acredito que o restaurante tem potencial. Mas, precisa melhorar estrutura, trato com clientes e preços. 
No começo ainda tinha bom humor.

Petisqueira da Mamãe, pra gente: REPROVADO.

Vale lembrar que blogs em geral têm cunho opinativo. Não é nossa intenção ferir a imagem de qualquer estabelecimento. O que contamos aqui são experiências vividas por nós. Todos podem, e devem, comentar.  Concordando, ou discordando. Opiniões são extremamente bem vindas.
Gostou? Deixa um comentário!!!
Até a próxima aventura!!!

        

3 Comments

  • Sol Noturno disse:

    Então, não comi nada além do mesmo carpaccio e dos bolinhos de bacalhau e não achei nada demais. Olhei os cardápios e achei impressionantemente caro. E quanto ao dono do restaurante dizer que na cabeça dele tínhamos dado 110 reais fechou com chave de latão.

  • Estive em São Luis esta semana visitando minha tia, fomos ao restaurante e gostamos muito, bom atendimento, comida excelente e preço de restaurante bom que já estou acostumado em Fortaleza. 50 reais para beber e comer com qualidade é um preço normal, não sei o que você estava esperando…Ficamos na parte interna, não estava tão lotado, o ambiente é climatizado e bastante agradável. Fiquei sabendo que o dono começou o restaurante do zero e tá crescendo aos poucos, provavelmente ele ainda está melhorando sua estrutura tentando acompanhar a popularização do estabelecimento, você deve ter dado azar num dia de lotação, com poucos funcionários, até porque meio-dia é um horário de pico e de alto estresse para quem trabalha lá.Por mim está aprovado, minha tia adora aquele lugar, vai quase todo final de semana. Abraços!

  • Oi Leonardo! Obrigada por passar por aqui e deixar um comentário. Realmente podemos ter tido má sorte nas duas vezes que fomos ao Petisqueira. Mas, sei que, como falei na postagem, o restaurante tem potencial. Nós esperamos que melhore. Mas nossas experiências por lá não foram legais. :/Volte sempre!E comente sempre!Beijos

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:

PASSWORD RESET

LOG IN