Morango azul. Verdade, ou photoshop?

Descubra essa história inusitada.
SHARE
, / 11874 0

Morango azul, morango verde, morango amarelo. Comida de verdade, ou brincadeira no photoshop?

Morango azul. É bastante improvável que você já tenha experimentado um, embora, alimentos azuis não sejam difíceis de encontrar. Afinal, quase tudo que não existe para comer na natureza, a indústria alimentícia consegue criar. Cupcakes, algodão doce, guloseimas diversas… tudo à base de corante alimentício.

Morango azul. Verdade, ou Photoshop?

10-sementes-de-morango-azul-frete-gratis-6715-MLB5107595949_092013-O

Bom, o morango azul é um truque, sim. Maior truque do que mutação genética, acho que não existe. E foi isso que alguns cientistas fizeram. Após descobrir que Peixe do Ártico  produz uma substância anticongelante para proteger-se  de baixas temperaturas.
“E, se aplicarmos o anticongelante nos morangos, para que eles durem mais?”, eles devem ter se perguntado.  O que aconteceu foi que, além de terem conseguido transferir a característica anticongelante, aumentando a vida útil da fruta, a mutação resultou na mudança de coloração no fruto.
Mas, se você esta pensando que em breve teremos o lindo morango azul nos supermercados, eu aconselho a não se animar. O objetivo do estudo era apenas verificar o comportamento do morango após a injeção do gene, segundo palavras de um dos pesquisadores. Ao que tudo indica, o morangueiro azul será apenas uma ferramenta para compreender mecanismos biológicos.

Porque não existem alimentos naturalmente azuis?

Morango Azul

Existe uma explicação bioquímica para este fato. Os pigmentos responsáveis pela coloração azul são mais sensíveis à luz solar e se degradam muito facilmente em comparação a outros pigmentos. O azul só se comporta bem em ambientes muito alcalinos, o que é bastante raro na natureza. Assim, essa sensibilidade fez com que outros alimentos evoluíssem e originassem novas espécies, enquanto os azuis foram desaparecendo.

Ainda assim alguns alimentos possuem uma cor bastante próxima do azul, como o mirtilo e as blueberries.

Curiosidade: nosso cérebro associa a coloração azul a alimentos estragados (pense na cor de qualquer alimento embolorado…). Por isso, não seria nem um alimento “comercialmente interessante”, já que, por associação, reduz o nosso apetite.

        

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:

PASSWORD RESET

LOG IN