Remanso do Peixe por Gabriela Castelo | Restaurantes
, / 695 0

Remanso do Peixe por Gabriela Castelo | Restaurantes

Remanso do Peixe é um dos restaurantes dos irmãos Castanhos, em Belém, no Pará. Homenagem e valorização da culinária paraense.
SHARE

A jornalista Gabriela Castelo, do blog Hall das Divas, conheceu o Remanso do Peixe, um dos restaurantes da Família Castanho, em Belém, no Pará…

…e compartilhou suas impressões com o Aventuras Gastronômicas. Deliciem-se com essa resenha super detalhada e recheada de comentários honestos. O Remanso do Peixe é um dos restaurantes da família do Thiago Castanho (que também é dono do Remanso do Bosque, onde nossa colunista Etiene Mendonça estagiou) Esperamos que gostem. E, Gabi, super obrigada pela colab. 

Ludimila Matos, CEO do Aventuras Gastronômicas

Gabriela e o Remanso do Peixe

Por Gabriela Castelo, do Hall das Divas

De 6 meses para cá, Belém tem sido o meu reduto amoroso e gastronômico, onde dou um pulinho para passar o final de semana com o namorado. E, a cada ida, uma surpresa. No geral, sempre que viajo, gosto de ouvir opiniões acerca de restaurantes e pontos de turismo. O TripAdvisor é o meu termômetro favorito! Lá, consigo ver o ranking e de acordo com a proposta gastronômica, vou lá e dou aquela conferida pra saber se “é tudo isso mesmo” e se merece estar lá ocupando o devido posto.

Visita ao Remanso do Peixe

O Remanso do Peixe foi uma experiência incrível. O ambiente é tão familiar, têm algumas fotos espalhadas da Família Castanho pelas paredes do restaurante, música ambiente maravilhosa. Uma energia que você acha que está em casa desfrutando de tudo. Já fui começando pelas queridas entradinhas. Eu e meu namorado pedimos o Bolinho de Piracuí, feito com uma farinha criada por eles com o recheio do peixe acari triturado, acompanhado de uma maionese caseira, que é de comer rezando.

Foto: Gabriela Castelo

Foto: Gabriela Castelo

Para acompanhar essa entradinha, degustamos a cerveja criada pela casa: Remanso Mango. Uma cerveja frutada, o que não é novidade no Pará. Eles têm muitas cervejas artesanais à base de frutas como açaí, manga, bacuri, cupuaçu e por aí vai. No meu primeiro gole da Cerveja Remanso Mango, achei excêntrico o sabor, mas depois acostumei, logo eu que tenho mais afinidade com cervejas mais amargas. É uma cerveja do restaurante, acho que é válido degustar, você não deixa também de sentir esse lado cervejeiro dos paraenses.

Foto: Gabriela Castelo

Foto: Gabriela Castelo

Depois, pedimos como Prato Principal uma Peixada à moda do Francisco (sugerido pelos garçons e é um carro-chefe da casa), escolhemos como tipo de peixe o Filhote – um peixe super típico da região amazônica e super carnudo, tipo um filé, fácil de comer em restaurante, já que sou péssima em tirar espinhas (risos). E de sobremesa, um pudim de leite com calda de tapioca caramelizada, coisa dos Deuses!

Foto: Gabriela Castelo

Foto: Gabriela Castelo

O Restaurante é tipicamente paraense. Lá você pode sentir todo esse prazer de comer e beber bem. Carta de vinhos acessível, funcionários solícitos. Pratos variam de R$84  a R$460. Sim, 460 reais. Mas calma! Esse valor colossal é se você escolher um peixe típico para servir 7 pessoas, tem que reservar antes. Nas minhas primeiras idas à Belém, também fui ao Remanso do Bosque. Vale e muito o check-in por lá também. Ambos os restaurantes são do grupo da família do chef Thiago Castanho, apontado pelo New York Times como um dos chefs mais inovadores do nosso Brasil.

Remanso do Peixe
Travessa Barão do Triunfo, 2590
Marco – Belém/PA
Fone: (91) 3228.2477
Todos os cartões / Não aceita Ticket

        

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:

PASSWORD RESET

LOG IN